E à Arte o Mundo Cria


Seguro Assento na coluna firme
Dos versos em que fico,
Nem temo o influxo inúmero futuro
Dos tempos e do olvido;
Que a mente, quando, fixa, em si contempla
Os reflexos do mundo,
Deles se plasma torna, e à arte o mundo
Cria, que não a mente.
Assim na placa o externo instante grava
Seu ser, durando nela.

Heterónimo de Fernando Pessoa.

Marcadores: | edit post
0 Responses

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina
  • About Me

    Minha foto
    Aparecida Camilo
    Uma mulher que busca todos os dias me tornar uam pessoa melhor.
    Visualizar meu perfil completo

    Followers

    Estatísticas

    Adicionar aos Favoritos BlogBlogs